Rede Rio FM

Paulo Dantas participa da liberação de trecho da BR-101 em São Miguel dos Campos/AL

Com investimentos do governo federal, obra parada há mais de dois anos foi concluída

Por Gilson Neto em 07/06/2023 às 23:10:36

Marco Antônio / Agência Alagoas

O governador Paulo Dantas participou na manhã desta quarta-feira (7), ao lado do Ministro dos Transportes, Renan Filho, da liberação do trecho de 2,2 km da duplicação da BR-101, em São Miguel dos Campos. No trecho, foram investidos R$ 17,5 milhões, que incluíram as obras de duplicação, aplicação de pavimento rígido, drenagem e sinalização.

O governador Paulo Dantas ressaltou a import√Ęncia da liberação do trecho da BR-101 na zona urbana de São Miguel dos Campos, obra que estava parada h√° mais dois anos, e vinha causando transtornos aos moradores do município e motoristas que precisam transitar pela região.

"Temos aqui em Alagoas 250 km de rodovias federais, a maioria em bom estado, e hoje est√° sendo liberado esse trecho da duplicação que é fundamental para São Miguel dos Campos", disse o governador, lembrando que quando ainda era governador, o ministro Renan Filho investiu no asfaltamento de ruas de São Miguel para absorver esse fluxo de veículos pela interdição da BR-101.

O percurso total de duplicação da BR-101 na √°rea urbana de São Miguel compreende 7 km. De acordo com o Dnit, as obras dos 5 km restantes deverão ser executadas assim que passe o período chuvoso e devem ser concluídas até o início de 2024. As obras de duplicação da rodovia vão reduzir o número de acidentes, oferecer mais segurança aos usu√°rios e facilitar o escoamento da produção da região.

De acordo com o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit), as chuvas do ano passado em Alagoas, além da grande intensidade, se estenderam mais do que o previsto, causando grandes estragos nas rodovias federais em Alagoas, principalmente na BR-101.

Vistoria Técnica

O governador Paulo Dantas e o ministro Renan Filho, antes da liberação do trecho da duplicação da BR 101 em São Miguel, fizeram uma vistoria técnica ao trecho da rodovia BR-101, do km 120 ao km 123. O governo federal decretou situação de emerg√™ncia em março deste ano na rodovia, por causa de deslizamentos, que afundaram o solo em mais de tr√™s metros.

O acidente, de acordo com técnicos do Dnit, foi provocado por uma rocha que cedeu 32 metros abaixo do solo. O terreno tem absorvido a √°gua de um platô da região e isso pode ter causado o afundamento da pista. "O presidente Lula j√° garantiu recursos para essa obra, que é hoje o maior deslizamento de uma rodovia no Brasil. O contrato de emerg√™ncia se encerra em março de 2024, mas queremos entreg√°-la aos alagoanos até o final deste ano", afirmou o ministro.

Paulo Dantas agradeceu o empenho do ministro e do presidente Lula em buscar soluções para resolver o problema de deslizamento da BR-101, j√° que o desvio de tr√Ęnsito pela AL-220 tem causado transtornos na rodovia que não foi projetada para receber um fluxo tão grande de veículos, principalmente caminhões. "Tenho certeza absoluta que o ministro vai encontrar uma solução para esse problema de deslizamento na rodovia e voltar√° em breve a Alagoas para entregar essa obra", disse o governador.

O prefeito de São Miguel dos Campos ratificou a import√Ęncia de recuperar os trechos da BR-101, que vinham causando prejuízos financeiros à população e para o escoamento da safra de cana-de-açúcar pelas usinas da região.

"Esse é um tema muito complexo, mas que a equipe técnica do Dnit tem se debruçado desde o início do ano para encontrar uma solução, elaborar os projetos, e assim que passar o início chuvoso iniciar as obras", afirmou o superintendente do Dnit.

Ações estruturantes

De acordo com o ministro Renan Filho, o governo federal vai investir, em 2023, R$ 429 milhões em obras estruturantes em Alagoas. Esse valor é tr√™s vezes maior que o investido em 2022. Entre as obras previstas estão: a conclusão da duplicação da BR-101, no trecho de Joaquim Gomes, e a duplicação da BR-316.

O superintendente do Dnit, André Paz, explicou que a pedido do Governo de Alagoas, o governo federal vai liberar recursos para recuperação das rodovias alagoanas, que foram danificadas pelo aumeto do fluxo de veículos devido a interdição da BR-101. As obras serão executadas pelo DER "Estamos apenas aguardando a conclusão do levantamento do DER para definir as rodovias que receberão esses investimentos", acrescentou.

F√°bia Assumpção / Ag√™ncia Alagoas

Fonte: Governo de Alagoas

Comunicar erro

Coment√°rios

GILSONNETO.COM