Rede Rio FM

Yandra Moura diz que é favorável ao Bônus Regional da UFS e vai trabalhar em Brasília pela recuperação do programa

"Não podemos ficar de braços cruzados", alertou Yandra.

Por Gilson Neto em 02/02/2024 às 22:05:21

Yandra Moura - Assessoria

Recentemente, a Universidade Federal de Sergipe (UFS) foi impedida de aplicar o "bônus regional" devido a uma determinação judicial. Em geral, o bônus oferece igualdade no acesso ao ensino superior. Com o intuito de contribuir com a UFS, a deputada federal Yandra Moura (União) visitou o magnífico reitor Valter Santana, acompanhada da deputada estadual Lidiane Lucena e de líderes acad√™micos.

A iniciativa do bônus regional consiste em oferecer um percentual adicional na nota do Enem para os candidatos que concluíram o ensino médio em escolas locais, uma medida que tem como objetivo favorecer os estudantes regionais, no caso, os sergipanos.

"O reitor nos informou que desde 2015 o programa é aplicado e foi ampliado em 2019. Para piorar, nossos estados vizinhos da Bahia e Alagoas aplicam a medida. Não podemos ficar de braços cruzados", alertou Yandra.

Atualmente, 26 universidades j√° possuem liminar favor√°vel à concessão do bônus regional. "A cultura do brasileiro é buscar morar perto da família. Por isso é relevante manter profissionais formados localmente no mercado de trabalho. Nós temos um alto índice de ociosidade nos cursos mais procurados, a exemplo de Medicina. Isso porque os alunos passam nos vestibulares de suas cidades e abandonam as vagas que poderiam ser ocupadas por sergipanos.", explicou o reitor Valter.

A deputada Yandra Moura, comprometida com a causa, anunciou sua intenção de dialogar com o presidente da Câmara dos Deputados, Artur Lira, para viabilizar a votação um projeto existente na Câmara que aborda o tema do bônus regional. Uma ação que demonstra a busca ativa por soluções que beneficiem a comunidade acad√™mica e promovam um ensino superior mais acessível e igualit√°rio para todos.

Fonte: Yandra Moura - Deputada Federal

Comunicar erro
Renan Calheiros

Coment√°rios

Rio FM